www.nutricaointeligentesuplementos.com

(34) 3219-0180
<< Página anterior

Os efeitos de um bom sono no ganho de massa muscular

Os efeitos de um bom sono no ganho de massa muscular

Os efeitos de um bom sono no ganho de massa muscular

Durma bem!

Todo mundo já sabe que se exercitar é a melhor forma de ganhar músculos, mas você sabia que para fortalecer os músculos e influenciar no seu crescimento é importante ter uma boa noite de sono? Muitas pessoas, em busca do corpo perfeito e musculoso se matam na academia realizando musculação, mas nem sonham que se não descansarem de maneira correta, todo seu esforço irá por água abaixo.

Como acontece?

O ganho de massa muscular e a redução da taxa de gordura ocorre normalmente durante a prática de exercícios físicos e musculação, além de uma alimentação balanceada e rica em proteínas. Porém, sabe-se que a musculatura sofre um intenso desgaste durante os treinos e que essa tensão causa quebras de fibras musculares que são necessárias para o aumento dos músculos.

A destruição das fibras gera uma demanda por aminoácidos que são responsáveis pelo aumento das mesmas e isso ocorre justamente durante o sono. Uma noite de sono de oito horas após os treinos recarrega as baterias, mantém as funções orgânicas e ainda auxilia o ganho de massa.

Fases do sono

O sono é composto por cinco fases e todas suas etapas sem interrupção são importantes para o equilíbrio corporal. Na primeira fase o corpo relaxa e os músculos ficam descontraídos e a pressão sanguínea estabiliza. Na segunda fase ocorre a redução da temperatura corporal, batimentos cardíacos e a respiração se tornam mais leves e pausados.

Na terceira fase também as ondas cerebrais ficam mais longas. Na quarta fase os hormônios são liberados auxiliando no fortalecimento das fibras musculares e no crescimento em indivíduos com menos de 21 anos. Na última fase ocorre a manutenção da memória, como se fosse um reset no cérebro, em que o corpo fica paralisado e o fluxo de sangue para o cérebro aumenta.

Sem exagero

O sono recompõe o corpo tanto fisicamente quanto mentalmente. Quando o tempo de sono é curto, várias funções do corpo podem ficar comprometidas e não funcionar direito. Alguns problemas são: problemas de cognição, aumento da gordura corporal, alteração na pressão do sangue, alteração hormonal e problemas de metabolismo.

Porém, não pense que dormir o máximo que conseguir é bom. Dormir demais pode ser até prejudicial por desregular o relógio biológico e enfraquecer o seu corpo, dando a sensação de fadiga, preguiça, diferente daquele vigor ao acordar.Estudos realizados no Canadá comprovaram que pessoas que dormem menos de sete horas ou mais de nove são mais propensas a engordar e se tornarem obesas. Por isso, durma de sete a oito horas por dia para ser uma pessoa saudável por completo.

<< Página anterior

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>